Cerca de 1.000 foram presos no DF por atentado contra Estado de Direito, diz interventor

Interventor na Segurança do Distrito Federal (DF), Ricardo Cappelli publicou no Twitter balanço de ações realizadas nas últimas 36 horas

O interventor na Segurança do Distrito Federal (DF), Ricardo Cappelli, informou, na manhã desta terça-feira (10), que cerca de 1.000 pessoas foram identificadas e presas no Distrito Federal nas últimas 36 horas.

“Seguindo as orientações do ministro [da Justiça] Flávio Dino, desmontamos o acampamento golpista, identificamos e prendemos cerca de 1.000 pessoas que atentaram contra o Estado Democrático de Direito e trocamos o comando da Polícia Militar no DF. A lei será cumprida”, escreveu Cappelli no Twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *