Homem mata namorada e usa sangue dela para deixar ‘recado’ em parede

Após o crime, o homem tentou fugir, mas acabou preso. A vítima tinha medida protetiva contra ele

Um homem foi preso, na quarta-feira (10), suspeito de assassinar a mulher e usar o sangue da vítima para escrever uma mensagem em uma parede.

O caso aconteceu no Maranhão e a vítima foi identificado como Jheinifer da Silva Machado, 19, e seu corpo foi encontrado dentro de casa em Porto Franco.

De acordo com informações da polícia, a vítima tinha marcas de perfuração no corpo. O suspeito é Paulo Mesquita, namorado de Jheinifer. A polícia informou que ele fugiu após o crime.

Antes, o homem deixou um “recado” na parede da casa escrito com o sangue da vítima. Paulo foi preso no estado do Pará. Ele foi encontrado em uma manilha, um tipo de tubo de concreto, em uma praça no centro de Marabá.

Jheinifer já tinha medida protetiva contra o suspeito, e ele também respondia por outro caso de violência doméstica contra uma ex. Ele foi acusado de feminicídio e sua prisão foi convertida em preventiva.