Intensificada fiscalização para garantir uso correto das vagas especiais

A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), realizou, na noite desta quinta-feira, 23/3, atividades de fiscalização e monitoramento no trânsito e em shopping centers da cidade. O objetivo da ação foi garantir o respeito às vagas de estacionamento destinadas a idosos e pessoas com deficiência. Na fiscalização de trânsito, quase 60 agentes do IMMU ficaram em prontidão em pontos estratégicos da cidade, distribuídos nos principais corredores viários em todas as zonas, fiscalizando os veículos, a partir de barreiras com cones, e alertando os motoristas. As ações de fiscalização do IMMU devem continuar com o objetivo de garantir o respeito aos direitos das pessoas com deficiência e idosos.

Os agentes montaram barreiras para intervenção viária nos locais onde há grande fluxo de pedestres e centros comerciais. As vias escolhidas foram as avenidas Djalma Batista, Efigênio Sales, Coronel Teixeira,  Noel Nutels, General Rodrigo Otávio Jordão Ramos e Cosme Ferreira. Já nos shopping centers, 59 motoristas foram autuados por uso das vagas de estacionamento destinadas a idosos e pessoas com deficiência, sem comprovarem que portavam a credencial que permite uso da vaga. Os agentes do IMMU realizaram abordagens aos condutores e orientaram sobre a importância de respeitar os espaços das pessoas com mobilidade reduzida.

“Essa operação tem o intuito de disciplinar esse tipo de estacionamento, porque ainda existem muitas pessoas que insistem em estacionar nessas vagas prioritárias sem possuir a credencial. Se a pessoa é idosa ou tem alguma deficiência, deve procurar o setor de atendimento do IMMU, na Avenida Urucará, número 1.180, no bairro Cachoeirinha, ou no Shopping Phellipe Daou, para solicitar a sua credencial”, explicou o diretor de Fiscalização de Trânsito do IMMU, Stanley Ventilari. O diretor reforçou que estacionar em vagas destinadas a idosos ou pessoas com deficiência, sem a credencial, é infração gravíssima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *