Operação Lácteos, da PC-AM, apreende alimentos impróprios para o consumo

Foram apreendidas mais de 40 toneladas de produtos alimentícios vencidos

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), deflagrou, na quinta-feira (30/03), a Operação Lácteos, em conjunto com a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) e com a Vigilância Sanitária Municipal (Visamanaus), e apreendeu, aproximadamente, mais de 40 toneladas de produtos alimentícios vencidos. A ação ocorreu na rua Jerusalém, bairro Mauzinho, Zona Leste.

De acordo com o delegado Rafael Guevara, titular da unidade especializada, o objetivo desta ação foi apurar denúncias de irregularidades em uma empresa que atua distribuindo produtos alimentícios, naquele endereço. “Durante a ação, constatou-se que havia manipulação e fatiamento de alimentos sem autorização dos órgãos competentes. Além disso, foi encontrada uma grande quantidade de queijo, presunto, mortadela e margarina vencidos. Entre as irregularidades, a empresa fiscalizada manipulava trigo de maneira precária em violação às normas de vigilância sanitária de saúde pública” explicou.

Ainda conforme o titular, a Adaf e a Visamanaus emitiram autos de infração em desfavor da distribuidora. Enquanto a Decon instaurou Inquérito Policial (IP) para apurar o crime contra as relações de consumo, pela existência de mercadorias impróprias para o consumo humano e eram distribuídas para comércios da capital e do interior. “Ao total, foram apreendidas aproximadamente duas toneladas de queijo, presunto, mortadela e margarina, bem como 40 toneladas de trigo impróprios para consumo”, informou.

Procedimentos

O proprietário não estava no local durante a ação, por este motivo, foi deixada uma notificação de comparecimento na Decon. Ele responderá por crimes contra relações de consumo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *