Primeiro homem a receber rim de porco em transplante morre nos EUA

Segundo o hospital, a causa não está relacionada com o transplante

EUA – Richard Slayman, 62, o primeiro receptor de um transplante de rim de porco geneticamente modificado, morreu neste sábado (11), no Hospital Geral de Massachusetts, nos EUA. A morte ocorreu cerca de dois meses depois do transplante, mas, segundo o hospital, a causa não está relacionada com o transplante. Além da doença renal, ele sofria de diabete tipo 2 e hipertensão.

Richard sofria de insuficiência renal crônica, e já tinha recebido em 2018 um transplante de rim humano, mas acabou sofrendo complicações. Em 21 de março passado, Richard voltou a ser notícia depois de os cirurgiões daquele hospital de Massachusetts terem transplantado pela primeira vez num doente vivo o rim de um porco geneticamente modificado. Foi a primeira pessoa viva a ser submetida a essa intervenção.

Os cirurgiões estimavam que o rim do porco pudesse durar pelo menos dois anos de vida ao paciente. A morte ocorreu cerca de dois meses depois do transplante.