Procon-AM alerta consumidores para o golpe do cartão trocado

Golpe é percebido bem depois, assim como o prejuízo na conta corrente da vítima

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), orienta os consumidores para que fiquem atentos quando utilizam cartões de crédito ou débito para não caírem no chamado golpe do cartão trocado. De acordo com denúncias dos consumidores que registraram denúncia no Procon-AM, o relato é de que no ato da compra de um produto, na hora do pagamento, o consumidor foi informado que a operação não havia sido concluída em função de a senha supostamente não ter sido aceita. Digitou novamente e recebeu a mesma resposta. Como uma possível solução, o golpista substituiu a maquineta e, nesse momento, trocou também o cartão – ficou com o cartão do consumidor, o que somente foi percebido no dia seguinte, assim como o prejuízo em sua contracorrente.

“A utilização de cartões de crédito ou débito para o pagamento de compras, contas e serviços, entre outros, é um caminho sem volta e faz parte da vida cotidiana dos consumidores. Assim como traz facilidades, exige que se tenha alguns cuidados. A prevenção é a melhor conduta nesses casos”, destaca Jalil Fraxe, diretor-presidente do Procon-AM. O órgão orienta aos consumidores amazonenses a importância do cuidado e atenção que o consumidor deve ter na hora de efetuar pagamento com cartão, o ideal é não entregar o cartão na hora do pagamento. Ele deve inseri-lo na máquina e retirá-lo, sem dar brecha para a substituição. É imprescindível, também, conferir no visor o valor a ser pago, exigir o comprovante emitido pela máquina de cartão e também a nota fiscal. São a garantia para posteriores reclamações não apenas em casos de golpes, mas também em relação a produtos adquiridos.

As vítimas do golpe devem procurar a Delegacia de Polícia e fazer um Boletim de Ocorrência (BO) relatando todo o ocorrido. Isso poderá ajudar a justiça a identificar os criminosos e evitar que outras pessoas caiam nesse tipo de golpe. Com os documentos em mãos e o Boletim de Ocorrência, o consumidor pode ir à sede do Procon-AM ou realizar a denúncia ao Ministério Público. O Procon-AM está à disposição da população para resolver as questões que envolvem aquisição de produto ou serviço. O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), atende de segunda a sexta-feira, das 8 às 14h. Localizado na avenida André Araújo, 1.500, Aleixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *