Professor de escola de informática é preso por estuprar aluna em Manaus

O crime ocorreu em 2015; o homem era considerado foragido da Justiça

Um homem, de 34 anos, foi preso nesta sexta-feira (7) pelo crime de estupro praticado contra uma aluna de uma escola de informática localizada no bairro Lírio do Vale, zona oeste da capital. O crime ocorreu em 2015, quando ele era professor no local.

Conforme o delegado Fabiano Pignata, titular do 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a prisão ocorreu após diligências investigativas acerca do fato no bairro Compensa, zona oeste, sendo identificado que havia um mandado de prisão definitiva em nome do autor.

“O indivíduo era considerado foragido da Justiça. A ordem judicial em nome dele foi expedida pela 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual e Violência Doméstica a Crianças e Adolescentes, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM)”, informou Pignata.

Ele foi conduzido ao 8° DIP e responderá pelo crime de estupro qualificado. O infrator foi encaminhado à audiência de custódia, onde ficou à disposição do Poder Judiciário.