Senador Omar Aziz propõe debate sobre alternativas para investimentos na saúde básica nos municípios

Parlamentar se reuniu com prefeitos do interior do Estado, em Brasília, em encontro no Ministério da Saúde

Após uma série de reuniões com representantes dos municípios do Amazonas, que foram à Brasília para a Marcha dos Prefeitos, o senador Omar Aziz (PSD-AM) compartilhou sua preocupação com os problemas trazidos pelos chefes de executivo. Na sessão deliberativa desta quarta-feira (29), o parlamentar destacou que o Senado vai ter que se debruçar na busca por alternativas para continuar auxiliando os municípios nas áreas de assistência social, saúde, segurança e educação. Segundo Omar, a Marcha de Prefeitos, que termina nesta quinta-feira (30), foi uma oportunidade para que os gestores compartilhem as dificuldades que as prefeituras terão daqui pela frente. Até o ano passado, as emendas de relator atenderam as prefeituras nos investimentos voltados à saúde, nos momentos mais críticos da pandemia de Covid-19.

Para Omar, isso pode afetar ações do Ministério da Saúde, que também fica sem essa parte dos recursos para repassar aos municípios. “Nós tivemos a oportunidade de fazer e ajudar muito os prefeitos a utilizarem todo o teto do PAB e do MAC (Piso de Atenção Básica e de Média e Alta Complexidade). Agora não tem o recurso e há um desespero, por parte dos Prefeitos, agora em março, de não conseguirem fechar as contas. E com esses recursos, que eram repassados, eles podiam pagar a folha”, disse.

O parlamentar acrescentou que a questão geográfica também acaba impactando nos custos da saúde nos municípios, visto que no interior do Amazonas, um médico pode chegar a custar cerca de 700% mais caro em comparação com outras regiões. “O médico (no interior) recebe R$30 mil, R$40 mil, R$50 mil, para passar 15, 20 dias no município, diferentemente do Sul e Sudeste, onde você tem uma oferta maior desses profissionais”, completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *