Simpósio de Comunicação busca popularizar conhecimento científico no AM

O 2º Simpósio de Comunicação, Cultura e Amazônia, tem como tema ‘Comunicação, Ciência e Desenvolvimento’

Popularizar o conhecimento científico produzido no interior do Amazonas, a partir da interlocução no campo da comunicação da ciência, com as demais áreas do conhecimento científico, em busca de soluções sustentáveis para a região e o entendimento dos seus povos, são os objetivos principais do 2º Simpósio de Comunicação, Cultura e Amazônia, com o tema “Comunicação, Ciência e Desenvolvimento”. O evento começa na próxima quinta-feira (16), no município de Benjamin Constant (a 1.121 quilômetros a oeste de Manaus).

O Simpósio terá a participação de pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) de cinco campi no interior do Amazonas, dos municípios de Benjamin Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara e Parintins. O encontro será híbrido, com transmissão ao vivo das mesas-redondas que serão realizadas nos campi.

Sob a coordenação geral do professor do curso de Jornalismo da Ufam, Allan Soljenitsin Barreto Rodrigues o Simpósio visa desenvolver e popularizar o conhecimento científico, produzido de forma transversal com a interlocução do campo da comunicação da ciência com outras áreas do conhecimento, junto a alunos dos ensinos superior e médio e público em geral.

A ação pretende, também, estimular a reflexão crítica sobre a contribuição da ciência produzida no interior do Amazonas para as pesquisas do campo da comunicação da ciência, contribuindo para a produção de pesquisas que estejam em consonância com o momento vivido, além de desenvolver o sentido crítico e reflexivo nos futuros professores, pesquisadores e profissionais da área.

“Queremos promover o desenvolvimento científico e tecnológico do Amazonas por meio do fomento à produção experimental e inovadora e da troca de conhecimentos e intercâmbio de saberes com acadêmicos, professores, pesquisadores e profissionais do interior do Amazonas e do resto do Brasil”, acrescentou Allan Rodrigues, ao destacar a importância do apoio da Fapeam.

Ele complementa que sem o apoio da Fapeam seria impossível levar o evento a cinco municípios do Amazonas. A programação conta com palestras/mesas-redondas, oficinas, exposições, entre outras atividades.

Parev

O Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas visa apoiar a realização de eventos regionais, nacionais e internacionais, nas modalidades presencial, virtual ou híbrida, sediados no estado do Amazonas, relacionados à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I): congressos, simpósios, “workshops”, seminários, ciclo de palestras, conferências e oficinas de trabalho, visando divulgar resultados de pesquisas científicas e contribuir para a promoção do intercâmbio científico e tecnológico.

Estudantes, professores, pesquisadores e profissionais da área podem se inscrever no site clicando aqui

A agenda de eventos científicos do primeiro semestre de 2024, pode ser acessada clicando aqui

O evento é apoiado pelo Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), via Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev), Edital 005/2023.