Em fórum com os 27 governadores, Wilson Lima destaca que defesa da Zona Franca é pauta prioritária do Governo do Amazonas

Fórum Nacional de governadores aconteceu em Brasília e reunião foi preparatória para encontro organizado pela Presidência da República

O governador Wilson Lima destacou, nesta quinta-feira (26/01), durante o 1° Encontro do Fórum de Governadores de 2023, que a defesa da Zona Franca é pauta prioritária para o Estado. O fórum ocorreu em Brasília (DF) e reuniu os 27 governadores dos estados brasileiros e Distrito Federal. Entre os assuntos debatidos na reunião, estiveram a busca por alternativas econômicas para a região, que compensem possíveis perdas de arrecadação.

“Com a declaração, por exemplo, de que havia a possibilidade de acabar o IPI, já tivemos redução na receita de apuração de tributos, porque isso retrai investimentos, faz com que a indústria diminua a sua produção. Então, é importante que a gente coloque essas pautas na discussão, já que são prioritárias para essas regiões”, disse o governador.

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) é o principal imposto que compõe a cesta de incentivos para as mais de 500 empresas que estão instaladas no Polo Industrial de Manaus.

A discussão sobre as prioridades para os estados e regiões parte de uma solicitação do Governo Federal, que pediu que os governos estaduais e consórcios regionais listassem suas principais demandas. As listas serão apresentadas em reunião organizada pela Presidência da República, nesta sexta-feira (27/01), e que irá reunir, novamente, os 27 governadores brasileiros.

Além da Zona Franca, que corresponde a 70% da atividade econômica do Amazonas, com a geração de mais de 114 mil postos de trabalho e que contribuiu para que 98% da cobertura florestal no estado permaneça intacta, Wilson Lima destacou a pavimentação do trecho do meio da BR-319 entre os quilômetros 198 e 250 como ponto importante de discussão. A terceira prioridade listada, segundo o governador, é o combate ao desmatamento e outros ilícitos ambientais no sul do estado, salvaguardo as atividades econômicas desenvolvidas dentro da legalidade.

Wilson Lima destacou a importância de estabelecer um diálogo com o Governo Federal, uma vez que as decisões tomadas têm impacto substancial nos estados. O governador defende que iniciativas, antes de serem colocadas em prática, precisam ser discutidas mutuamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *