Governo do Estado concede incentivo fiscal para 66 empresas do Polo Industrial de Manaus

Para garantir o incentivo, o governador do Amazonas assinou decretos que devem gerar cerca de 2 mil novos empregos

O governador Wilson Lima assinou, nesta sexta-feira (17/02), decretos para a concessão de incentivos fiscais para 66 indústrias do Polo Industrial de Manaus (PIM). Com isso, o Governo do Amazonas amplia o fomento ao segmento industrial da Zona Franca de Manaus (ZFM). Com a medida, a expectativa é gerar, aproximadamente, 2 mil novos postos de trabalho e novos investimentos no setor.

Wilson Lima destacou que a ação reforça o compromisso do Governo do Amazonas com o modelo Zona Franca e a geração de emprego e renda. “A aprovação e assinatura dos decretos que a gente fez hoje são ações rotineiras e que a gente faz ao longo do ano de acordo com os projetos que vão sendo apresentados pelos interessados e avaliados pelo nosso Codam, que é o nosso Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Amazonas”, declarou.

O governador Wilson Lima fez a assinatura durante encontro na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), no Centro da capital, na presença do presidente do Sistema Fieam, Antonio Carlos da Silva, de deputados estaduais e federais, secretários do Governo do Amazonas e representantes das empresas beneficiadas.

Para usufruírem dos incentivos fiscais, que variam de 55% a 100% do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS), as empresas beneficiárias deverão investir R$ 2 bilhões, aproximadamente, no estado do Amazonas.

“Esses projetos são de implantação imediata. Algumas empresas estão sendo implantadas. Temos 22 novos projetos que terão um prazo de seis meses a um ano, e outras já estão instaladas, que dependiam desses decretos para iniciar a produção, com a fiscalização da nossa secretaria, então podemos dizer que a geração de empregos será imediata”, afirmou o titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Pauderney Avelino.

Entre as empresas beneficiadas pelos decretos assinados pelo governador Wilson Lima estão, por exemplo, os segmentos de termoplásticos (que representam a maioria), informática, componentes eletrônicos, componentes metálicos, componentes de embalagens, alimentação, eletroeletrônicos e diversos.

Modelo Zona Franca

Wilson Lima destacou que o Estado tem mantido o diálogo com os diversos poderes a fim de garantir a competitividade e, principalmente, os empregos dos amazonenses. O governador seguirá cumprindo agendas com parlamentares e dirigentes de órgãos do Governo Federal.

Ao todo, o Polo Industrial de Manaus possui aproximadamente 500 indústrias de alta tecnologia e alcançou, em outubro de 2022, 114 mil empregos diretos e mais de meio milhão de empregos, diretos e indiretos, principalmente nos segmentos eletroeletrônico, bens de informática e duas rodas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *