Novo Airão será transformado em Destino Turístico Inteligente

Novo Airão (distante 115 quilômetros de Manaus) foi escolhido pelo Ministério do Turismo (MTur) para integrar a Estratégia Nacional Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) Brasil. Com o apoio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Novo Airão foi um dos doze selecionados, entre as 500 cidades concorrentes, para receber a consultoria que auxiliará o município na capacitação e construção de um plano de transformação.

Na região Norte apenas Novo Airão e Belém foram selecionados. A consultoria será realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O resultado do edital foi divulgado na sexta-feira (24/03). 

De acordo com o presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio,  a primeira reunião com o grupo de  municípios selecionados acontecerá em São Paulo, no próximo dia 04 de abril, durante a World Travel Marketing (WTM Latin America), o maior evento para negócios do segmento do turismo.

“Novo Airão é um município que vem sendo adotado pelo Governo do Estado como modelo de cidade inteligente de turismo aqui no Amazonas e ter sido selecionada pelo BID é o espelho de todo o trabalho que vem sendo feito. Trabalho de regularização, de ordenamento que vem sendo feito na cidade, valorizando o que é da terra, nossas raízes, nossa cultura e claro, o ecoturismo, as belezas naturais de Novo Airão, que é uma cidade belíssima”, afirmou Gustavo.

O presidente da Amazonastur ressaltou, ainda, que ter o município selecionado auxilia o Amazonas a se posicionar a nível internacional. “Ter o reconhecimento de uma instituição de alto renome como o BID para a gente é muito importante”, destacou. 

A metodologia criada na Espanha segue nove pilares: Governança; Inovação; Tecnologia; Sustentabilidade; Acessibilidade; Promoção e Marketing; Segurança; Mobilidade e Transporte; e Criatividade. 

Para a secretária municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Novo Airão, Suzianne de Oliveira, a oportunidade vai alavancar não só o nome de Novo Airão, como de todo o Amazonas no cenário turístico do Brasil.

Conforme o Sebrae, um destino turístico inteligente gerencia processos de visitação de forma sustentável, se comprometendo a gerar experiências positivas na região. Entre as principais iniciativas que podem ser aplicadas, segundo o Sebrae, estão a implantação de acessibilidade, acesso à internet em pontos estratégicos, facilitação no acesso de informações turísticas, criação de aplicativos de suporte aos visitantes, entre outras.

Edital 

O edital do “Programa Turismo Futuro Brasil” teve três premissas fundamentais: a participação de quaisquer municípios, desde que estivessem no Mapa do Turismo Brasileiro 2022 do Ministério do Turismo, a representatividade das cinco regiões brasileiras e selecionar destinos com perfis distintos, de pequeno, médio e grande porte.

Na região Norte foram selecionadas a capital Belém e a cidade de Novo Airão (AM). Já no Centro-Oeste, as cidades escolhidas foram Pirenópolis (GO) e Bonito (MS). No Nordeste, Penedo (AL) e as capitais São Luís e Recife. No Sul do país, a capital Curitiba e Bombinhas (SC) foram as escolhidas. Já no Sudeste, Belo Horizonte, Ilhabela (SP) e Paraty (RJ) receberão a metodologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *