Prodam apresenta balanço de gestão nos anos de 2021 e 2022

Para 2023, o desenvolvimento de novos negócios é uma das metas definidas 

Confirmado pelo governador Wilson Lima como diretor-presidente da Prodam para os próximos quatro anos, Lincoln Nunes apresentou aos funcionários da empresa um balanço das suas principais ações ao longo dos anos de 2021 e 2022.  

A apresentação aconteceu na segunda-feira (02/01), em formato de Live on-line  e teve uma duração de pouco mais de uma hora. “Nosso objetivo é dar maior transparência possível às ações que estamos realizando de modo que todos os empregados tenham a consciência dos desafios que enfrentamos e das vitórias que conquistamos ao longo desse período”, afirmou.  

Lincoln Nunes começou sua apresentação falando sobre o cenário econômico-financeiro da empresa. “Em 2020, a Prodam não tinha sequer uma projeção de faturamento definida formalmente, então uma das nossas primeiras ações foi fortalecer a área de negócios e desenvolver estratégias específicas para a área. O resultado foi que fechamos 2022 com o faturamento em R$ 155.568.724,97, um aumento de 45,2% quando comparado a 2020. Para 2023, nossa projeção é ainda maior, queremos alcançar R$ 250 milhões”, afirmou. 

Tecnologia 

Na área tecnológica, os destaques foram os avanços nos projetos de conectividade no interior, que hoje chegam a 67 pontos, em 12 municípios, a ampliação da capacidade de processamento do datacenter da empresa e a adoção do uso de inteligência artificial nas operações de processamento de dados.  

Ainda na área de tecnologia, Lincoln destacou a participação da Prodam em projetos sociais de grande relevância para governo estadual como o Auxílio Estadual e a CNH Digital e o trabalho realizado pelas equipes de desenvolvimento e de projetos para garantir as entregas do e-Social, no tempo estabelecido pela  equipe de governo.  

Entre as realizações na área de gestão estão a liquidação das pendências da data-base relativas ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT 2020 e 2021), a realização do concurso público, a mudança da estrutura organizacional e o projeto de retenção de talentos, que implementa promoção dos empregados por meio de avaliações contínuas de desempenho. 

Para 2023 

Além do resultado dos últimos dois anos, Lincoln também apresentou algumas das estratégias definidas para 2023 visando o crescimento da empresa.  

“Já estamos trabalhando no desenvolvimento de novos modelos de negócios que vão permitir expandir nossa área de atuação, como a parceria com instituições de ensino e institutos de pesquisa. Também está no nosso radar parcerias para com empresas de processamento de dados de outros estados”, afirmou.  

Entre os projetos e serviços que devem ser lançados em 2023 estão o novo Prodam RH, que vai modernizar o sistema de gestão de recursos humanos do estado e a nova versão do sistema de gestão educacional, o Sigeam 2.0. 

Sobre a Prodam 

A Prodam, é uma sociedade de economia mista, cujo maior acionista é o governo do Estado do Amazonas e tem como objetivo a prestação de serviços especializados em Tecnologia da Informação e Comunicação aos órgãos integrantes da Administração Pública Estadual, podendo, complementarmente, atender órgãos federais, instituições privadas, administrações municipais e outras administrações estaduais.  

Seus técnicos desenvolvem soluções que impactam o dia a dia do amazonense, como os sistemas de educação pública e de trânsito. Além disso, a Prodam desenvolve soluções que melhoram a gestão governamental, como os sistemas de patrimônio, almoxarifado e protocolo eletrônico. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *