Produtores culturais podem inscrever seus projetos no Banco do Brasil até esta sexta-feira, 3 de março

Edital de Patrocínio à Cultura do CCBB recebe projetos de todo Brasil com foco em diversas áreas de atuação

Empreendedores culturais têm até sexta-feira (03/03) para inscrever projetos no Programa do Banco do Brasil, que se propõe patrocinar iniciativas culturais em todo país. A abordagem, apoiada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas no incentivo à adesão, refere-se a diversas áreas como, artes cênicas, música, cinema, ideias e programas educativos. As inscrições podem ser feitas no site bb.com.br/patrocinios.

O secretário de Cultura e Economia Criativa, Marco Apolo Muniz, reforça a participação dos produtores culturais da região Norte. “É uma grande oportunidade para dar andamento a projetos com o patrocínio direto de uma iniciativa privada. O programa é mais um reforço ao trabalho que o Governo do Estado presta ao apoiar e patrocinar projetos, por meio dos editais, que destacam a diversidade cultural do Amazonas e colaboram na formação do cidadão conectado às raízes culturais e suas diversas manifestações”, revela o secretário. Para Marcos Apolo, iniciativas como o edital do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), recebem o apoio da secretaria de cultura no sentido de convocar os fazedores e produtores culturais do Amazonas à adesão, através da inscrição de projetos com diferentes abordagens e propósitos.

Os projetos selecionados, ainda que sejam da região Norte, serão realizados nas unidades do CCBB no Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo e Belo Horizonte. Entre os objetivos deste edital, está a descentralização dos recursos, intensificando os patrocínios para outras regiões. O programa considera, especialmente, projetos que valorizem a ancestralidade, narrativas e símbolos identitários do Brasil e dos povos originários. O Ministério da Cultura receberá a lista das iniciativas selecionadas, que poderão inscrever os projetos na Lei Rouanet. Estas propostas serão avaliadas por uma estrutura de análise mais rápida, para receber o benefício de incentivo fiscal e apresentá-lo ao CCBB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *