Governador amazonense e vice-chanceler alemão visitam comunidade rural com foco no desenvolvimento sustentável

O governador do Amazonas acompanhou comitiva do governo da Alemanha até a comunidade indígena Três Unidos

O governador do Amazonas, Wilson Lima, recebeu nesta terça-feira (14/03) o vice-chanceler e ministro federal da Economia e Ação Climática da Alemanha, Robert Habeck, além do ministro federal da Alimentação e Agricultura, Cem Ozdemir, e de empresários que integram a delegação alemã. Juntos, visitaram a comunidade indígena Três Unidos, próxima a Manaus, para conhecer projetos de proteção à floresta e melhoria de vida dos ribeirinhos. “A Alemanha é o principal parceiro do estado do Amazonas nesse tema da sustentabilidade. Eu tenho ido a muitos encontros sobre a questão da sustentabilidade, sobre a preservação dos nossos recursos naturais, mas o que eu tenho dito é que a gente tem que primeiro proteger o cidadão que mora na floresta, o indígena e as populações tradicionais”, destacou Wilson Lima.

Em visita oficial ao Brasil, a comitiva alemã busca fortalecer as relações econômicas e a cooperação na proteção climática e conhecer ações de conservação para entender as prioridades de aplicação de recursos por meio do Fundo Amazônia. A delegação é formada por representantes de empresas de setores como bioeconomia, energia e tecnologia, além da imprensa alemã. “Para nós é muito intrigante saber como vocês vivem dentro da floresta e, ao mesmo tempo, protegem a floresta, porque na Alemanha, os alemães desmataram muito e esperamos que vocês encontrem essa forma de proteger a floresta, fazendo um trabalho melhor do que nó s”, declarou o vice-chanceler, em discurso aos moradores da comunidade, em sua maioria indígenas Kambeba.

Na comunidade, o governador entregou aos líderes comunitários da Três Unidos o Plano de Gestão que orienta o desenvolvimento sustentável do território, um documento oficial que representa um importante passo para a Certificação de Direito Real de Uso (CDRU). Além do governador e da comitiva alemã, também estiveram na comunidade o secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Eduardo Taveira, e o diretor-presidente da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), Virgílio Viana.

Comunidade Três Unidos

A Comunidade Três Unidos é uma das 13 que integram a Área de Proteção Ambiental (APA) Rio Negro Setor Aturiá-Apuauzinho. Na RDS, o Estado, por meio da Sema, tem apoiado atividades como o monitoramento e conservação de quelônios no rio Cuieiras e o Turismo de Base Comunitária. “Para mim, é um sonho, um representante da Alemanha vir conhecer a minha comunidade, desse povo kambeba. Para mim, é muito gratificante, mais ainda, receber o governador, não só para mim, mas para a comunidade é uma felicidade”, disse o tuxaua da comunidade, Waldemir da Silva.

Em parceria com a Amazonas Energia, a comunidade recebeu a instalação de kits de energia solar, do Programa Mais Luz para a Amazônia, com a implantação de Sistemas Individuais de Geração de Energia Elétrica com Fontes Intermitentes. A previsão é de instalação de 462 kits.

Além disso, a comunidade é uma das beneficiadas pelo Acordo de Pesca do Rio Cuieiras, que esteve fechado durante dois anos para reposição dos estoques pesqueiros e que, neste ano, abre suas atividades para pesca comercial e esportiva, como fonte de renda comunitária. A área protegida deve ser beneficiada com outro acordo de pesca ainda neste ano.

Cooperação alemã

Na comunidade, o governador destacou que seu primeiro compromisso oficial deste segundo mandato, no dia 2 de janeiro, foi o de receber o presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, no Teatro Amazonas, que esteve também em visita oficial ao Brasil para conhecer ações e projetos ambientais e reforçou que o governo alemão tem sido o maior parceiro internacional do estado em diversas frentes. Os investimentos do Governo da Alemanha, por meio de uma cooperação oficial, têm gerado frutos como ações de prevenção e combate ao desmatamento, incluindo a estruturação da sede da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), além de um projeto voltado a agricultores de incentivo ao uso sustentável do solo em unidades de conservação estadual.

Em parceria com o Governo da Alemanha, o Governo do Amazonas tem realizado, de forma inédita, a remuneração de 233 brigadistas florestais em 12 municípios prioritários para auxiliar no combate às queimadas no interior do estado: Apuí, Novo Aripuanã, Manicoré, Lábrea, Humaitá, Boca do Acre, Barreirinha, Parintins, Canutama, Boa Vista do Ramos, Maués e Nhamundá. Além disso, o Estado viabilizou aquisições permanentes para estruturação de brigadas municipais e equipamentos para monitoramento aéreo ambiental. Em 2022 foram entregues mais de R$ 1,7 milhão em equipamentos para brigadas nos 12 municípios.

Os recursos provenientes do Banco Alemão de Desenvolvimento KFW, fruto de um contrato firmado com o Governo do Amazonas por meio da Sema, são para a execução do Projeto de Prevenção e Combate ao Desmatamento e Conservação da Floresta Tropical no Amazonas (Profloram).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *